terça-feira, 13 de setembro de 2016

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Casa norueguesa de madeira com cimento

Casa norueguesa de madeira com  cimento

Casa norueguesa de madeira com cimento


Pombal

Pombal
Pombal
Pombal




Pombal
Pombal


Pombal

sexta-feira, 26 de julho de 2013

VIDAS



Adérito Valverde, 78 anos , natural de Vales ,concelho de Alfândega da Fé, embarcou para Angola em 1953.Empregado e mais tarde patrão de uma cantina/restaurante em Cazombe, Quanza Sul. Regressou em 1975, trazendo dentro da mala alguma roupa e 400 contos, resultado de 23 anos de trabalho. Em Lisboa disseram-lhe que o dinheiro não valia nada, e o IARN deu-lhe 5 contos para regressar a casa. Trabalhou como empregado na Pastelaria Domus, em Bragança,durante 21 anos .Vive em Vales . aldeia com 78 habitantes.

INVERNO,por Clotilde Soeiro

INVERNO,por Clotilde Soeiro


Para assinalar o final do Inverno, o blogue Farrapos de Memória publica quadras da poeta popular Clotilde Soeiro, de 92 anos e analfabeta, natural de Vales, Alfândega da Fé. Este depoimento é um excerto do projecto “Gentes de Alfândega - Memórias”, desenvolvido pelo Município de Alfândega da Fé.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

domingo, 4 de novembro de 2012

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

DADOS GERAIS

Área: 714 ha
População: 120 habitantes
Património cultural edificado: Igreja Matriz, Alminhas, Fonte de Mergulho
Património Paisagístico: Paisagens Naturais
Festas e Romarias: Festa de Stª Cruz a 13 de Maio
Gastronomia: Cordeiro Assado, Folar da Páscoa
Artesanato: Queijo de Ovelha, Rendas, Bordados
Orago: Stª Cruz
Principais actividades económicas: Agricultura, Pastorícia, Produção de Nozes, Olivicultura
Colectividades: Associação Recreativa e Cultural de Vales

quarta-feira, 8 de junho de 2011

DESCRIÇÃO

Esta freguesia conta actualmente 112 eleitores e o seu termo localiza se na encosta sul da serra de Borres, pelo que a actividade agrícola inclui ainda muitos castanheiros, mas também nogueiras e mais recentemente floresta. A maior elevação dentro da freguesia é o monte dos "Rebolais", de onde se tem uma excelente paisagem para o vale da Vilariça. O nome desta povoação está directamente relacionado com a sua localização, entre vales (formados por dois pequenos cursos de água), mas desconhece se a sua origem. Os mais antigos vestígios de povoamento na freguesia situam se em Vale das Cordas, que foi claramente um povoado antigo, hoje extinto. No entanto, as duas localidades coexistiram, uma vez que no recenseamento de 1530 ainda aparecem as duas localidades, a primeira com 9 moradores e a segunda com 6. Desta forma, a ideia de que uma terá originado a outra, e mesmo a de Pombal, como já se referiu, não parece muito segura, até porque naquela data esta última localidade já possuía 11 moradores". No início do século XVIII Vale das Cordas ainda seria habitada, mas no final do mesmo século a povoação já não é referida. Como a igreja Matriz de Vales foi reconstruída em 1744, data que está registada no pardieiro da porta principal, podemos levantar a hipótese de que estas três localidades tiveram origens e cursos distintos, muito embora uma delas tenha acabado por desaparecer, talvez pela sua fraca localização e pelo desenvolvimento das outras. Realiza se uma festa em honra de Santa Cruz, a 13 de Maio.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010